segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Brasil, país do Orkut

Infográfico com informações valiosas para quem vai fazer matéria que inclua o Okurt: http://ht.ly/2wuHp

Ivan Luiz

Eixo: Tendências
Enfoque: Destacar os profissionais de comunicação que atuam nas redes sociais , como twitter, orkut e outros, que descobriram uma maneira de atuar em outros meios de mercado, criando a profissão de analista de mídias.

Excelente pauta, Ivan. O sucesso das redes sociais, bem como a utilização corporativa das mesmas, cria novas formas de atuação profissional. Invista na pauta criando uma reportagem-retrato deste aspecto, ou reportagem-perfil do profissional analista de mídias.

Videocast sobre Mídias Sociais na UMC

Acontecerá sexta-feira, dia 3/09, na UMC, a partir das 19h30h, apresentação de um videocast sobre mídias sociais. O responsável pelo evento é o professor Fábio Inoue, do curso de Publicidade e Propaganda.
Há 15 vagas para alunos de jornalismo. As inscrições devem ser feitas com a Silmara Andere.
Participem.

domingo, 29 de agosto de 2010

Empresas usam o Twitter para anunciar empregos

O Twitter entrou na rota dos selecionadores. Para achar profissionais jovens e dinâmicos, já anunciam vagas no site.

http://bit.ly/9hUcmT

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Entrega das reportagens

LEMBRETES:

Data de entrega das reportagens: 9/setembro/2010
Tamanho: 4 mil caracteres.

Beatriz Chadt

Esquisitices das redes sociais



a) Quem são as grandes figuras das redes sociais, os assuntos mais estranhos, os videos esquisitos?
b) Por que essas pessoas procuram essas redes para mostrar o que tem de mais diferente?

Boa pauta. Mãos à obra. 

Suelem e Marli

Eixo: Utilidade

Pauta a) Pessoas que não vivem sem redes sociais (MSN, Orkut, Twitter e Facebook);
Pauta b) Políticos que estão as redes sociais para a campanha.

Boas indicações de pauta. Agreguem informações. Indiquem possíveis fontes.

Débora Barros

Eixo: Utilidade

Uso das redes sociais por jornalistas.

Elizeu
O tema, em princípio, é bom. Entretanto, complemente a pauta agregando informações preliminares que a justifiquem.

Edivaldo Pedro

Rede Social Myspace


Enfoque: Abordar a utilidade e a forma que usuários utilizam o site Myspace para divulgar músicas e distribuir conteúdo de artistas e bandas de todos os gêneros.


Eixo de pesquisa:


a. Tipos/características/regularidades

Fontes: Especialista em rede socais, bandas e artistas.

Elizeu
a) Destacar as características específicas do Myspace, que o tornam particularmente importante para a divulgação de audiovisuais.
b) Diferenciá-lo em relação ao Youtube.
c) Identificar/comentar cases de sucesso de bandas que utilizam Myspace.

Boa pauta. Mãos à obra.

Luis Domingues

Pauta: O ORKUT MORREU?


Objetivo da matéria: Investigar se o Orkut perdeu espaço entre as pessoas após o surgimento do Twitter e da popularização recente do Facebook no Brasil. Um dos enfoques deve abordar inclusive os candidatos a cargos eletivos, que aparentemente estão se dedicando mais às outras ferramentas na hora de divulgar suas candidaturas.
Fontes que serão consultadas: Especialistas em mídias sociais, usuários, candidatos e empresas que utilizam ou utilizaram as mídias sociais.
Material ilustrativo: Gráficos, fotografias de entrevistados, desenhos.

Boa pauta. Atenção para não desviar o foco para as outras ferramentas. Mantido o foco no Orkut, pode-se questionar:
a) Que diferenciais oferecidos pelo Orkut são ainda pouco utilizados?
b) As empresas/instituições e políticos podem abrir mão do Orkut impunemente? Será que a presença em outras redes substitui a presença no Orkut?

Mãos à obra.

Petra Karla

Eixo: Utilidade
Como uma empresa (Itaú) fideliza seu cliente por meio das redes sociais.

O tema é ótimo: uso institucional das redes sociais. Entretanto, quem serão as fontes? O  banco disponibilizará as informações necessárias?
Invista na pauta. Mãos à obra.

Pauta Eduardo Lira

Fazer uma análise detalhada da razão do crescimento das redes sociais no Brasil. Sobretudo levando em consideração a recusa de países como Europa e Estados Unidos as redes social, principalmente o Orkut.

Elizeu
Sugiro substituir esta pauta pela outra que discutimos hoje: as redes como ferramenta para mobilizações sociais. Acredito que você poderá lidar com informações mais objetivas.
A pauta proposta originalmente está muito aberto.

Pauta Danilo Sans

A utilização de redes sociais pelas assessorias de imprensa
Eixo: Utilidade


Muitas empresas já possuem perfis no Orkut, Twitter, Facebook, etc. O objetivo da pauta é entrar em contato com algumas dessas assessorias para traçar um plano geral de utilização. Serão abordadas questões acerca da relevância das opiniões redigidas por consumidores em redes sociais.

Boa pauta.
Questões a serem respondidas:
a) Estratégias para conseguir seguidores;
b) Ferramentas para definir perfil dos seguidores;
c) Ferramentas/estragégias para colher opinião dos seguidores;
d) Avaliação de ganho institucional real obtido com as redes sociais;
e) Riscos decorrentes da presença nas redes sociais;
f) Quem, na empresa, é responsável pelo gerenciamento das redes? Há funcionários especializados?

Mãos à obra.

Pauta Géssica Brandino

Crianças online x Pais Ofline



Eixo: contexto

Apesar de existirem redes sociais infantis, muitas crinças têm perfis publicados em redes como Orkut e Facebook, que proibem o acesso de menores.
Enquanto as crianças iniciam cada vez mais cedo o contato com o universo das redes, nem sempre os pais estão presentes para verificar a que tipo de material a criança tem acesso nesses espaços.
Diante dessa situação, essa reportagem pretende discutir a questão sobre o acesso das crianças e a responsabilidade dos pais em zelar pelo conteúdo ao qual seus filhos têm contato na rede, diminuindo riscos presentes nesse espaço.
Fontes: profissionais da educação e pais, familiares de crianças.
 
Elizeu
A pauta é boa. Acho interessante indicar ferramentas que permitem controle, por parte dos pais, do conteúdo acessado pelos filhos na internet.
Quais são, especificamente, as redes sociais voltadas para crianças?
Mãos à obra.

Pauta detalhada Jéssica Lessa

Pauta: A influencia do orkut na vida das pessoas



Considerarei esta pauta para abordar ambas as fontes, tanto específica, como algum profissional da área da Psicologia ou da Sociologia, e fontes primárias, como usuários. Farei perguntas referentes o por que que tantas pessoas ficam horas e horas na frente do Orkut apenas se comunicando e interegindo com amigos e entre outras atividades proporcionadas a essa rede social. Em reportagem da revista Veja, aponta que os brasileiros ficam conectados tanto no Orkut como no msn aproximadamente 6 horas diárias. Será que isso de alguma forma desenvolve algum problema emocional? Quais? Atrapalha no rendimento profissional e no convivio familiar? Por que? Como este meio de comunicação pode garantir algum ponto positivo ao usuário? Quais são os pontos positivos? E sobre as escolhas de comunidades do Orkut, dependendo da opção, pode denegrir a imagem do usuário na vida pessoal e profisional? Como estabelece -las para se ter bons resultados sobre a sua imagem? E o direito a privacidade, quais são os métodos para quem quer ter Orkut, mas não deixar sua vida muito explosta para os outros usuários e que ferramentas poderei usar para se estabelecer tal privacidade e segurança? Há alguma lei específica sobre o direito de imagem na internet, especificamente sobre o Orkut? entre outras perguntas.

Bem mais detalhada agora, Jéssica. Bom trabalho!

Nova pauta Nayara Ruiz

Pauta: Universo do Facebook

Conteúdo: Mostrar ao leitor quais são as ferramentas existentes no Facebook e de que forma elas podem ser utilizadas pelo internauta. Para tanto, farei um levantamento dos mecanismos existentes e de que forma os recursos podem ser aproveitados. Dessa forma, o leitor terá a noção de funcionalidade do Facebook e poderá tirar conclusões próprias do que é interessante para ele e do que não é. A intenção será a encontrar todas a usabilidade do site, que acaba não sendo uma mera ferramenta de relacionamento.

Boa pauta, Nayara. Mãos à obra.

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Pauta da Karina

A intimidade como espetáculo

Como alguém se torna o que é?


Fazer uma matéria com base na leitura do livro Show do eu para mostrar como algumas pessoas utilizam as redes sociais com o objetivo de tornarem suas vidas pessoais em verdadeiros “espetáculos”. Utilizando-se, muitas das vezes, da total exposição da vida intima por meio de sites de relacionamento e comunidades virtuais.

A pauta faz parte do eixo Contexto. Sugiro uma resenha circunstanciada do livro - ou seja, enriquecida por outras opiniões.

Mãos à obra.

Pauta Nayara Ruiz

Pauta: Universo do Facebook

Conteúdo: De que maneira as pessoas utilizam a rede social que, além de possibilitar interação social, oferece lazer com os inúmeros jogos disponibilizados.

Não seria melhor investigar o que, efetivamente, o Facebook oferece de positivo para as pessoas? Pense no leitor: o que interessará mais, saber como as pessoas utilizam ou as potencialidades da ferramenta? Não tenho dúvida de que a segunda opção será muito mais importante. Portanto, faça um mergulho e descubra tudo que for possível saber sobre o Facebook, recursos, ferramentas, usos inusitados etc.

Por favor, considere a sugestão e reapresente a pauta com nova angulação.

Pauta Jéssica Lessa

A pauta que eu escolhi para a montagem da revista Temática sobre As redes sociais é relacionada A influencia do orkut na vida pessoal!

A pauta é factível, porém ainda falta estabelecer foco mais específico.
Qual o pressuposto? Orkut ajuda ou atrapalha? Se ajuda, ajuda em quê? Ou atrapalha em quê?
Além disso falta indicar:
a) Fontes especialistas;
b) Fontes primárias;
c) Imagens.

Por favor, reapresente a pauta com maior detalhamento.

Pauta Bruna Sales

Pauta: o Universo do Twitter



Conteúdo: O que é Twitter? Como surgiu? Quem usa?


Abordarei o uso corporativo com maior enfase e entrevistarei no mínimo duas empresas que usam o twitter como ferramenta de trabalho.
 
Eixo: Utilidade
Ao lado do Facebook e dos blogs, o Twitter é uma das redes sociais mais utilizadas pelas organizações. Isso demonstra a relevância da pauta.
Entretanto, apenas descrever o uso da ferramenta pelas empresas pode frustrar o leitor. Que tal discutir o mix de ferramentas utilizadas pelas empresas em suas estratégias de marketing no mundo virtual? Quais as vantagens? Quais as desvantagens e/ou limitações?
 
Mãos à obra.

Pautas de Heloisa Ikeda, Samira Hidalgo e Juliana Barbosa

a) Título provisório: Amores Virtuais

b) Objetivo da matéria: Retratar histórias de pessoas que se conheceram através de redes sociais e trouxeram essa relação para o ambiente real.
Retranca 1 – Por que é mais fácil se relacionar virtualmente? Explicar porque as pessoas, principalmente a nova geração, consegue expressar melhor seus sentimentos através das ferramentas online, como as redes sociais.
Retranca 2 – Perigos do relacionamento online – Demonstrar para as pessoas os perigos de manter um relacionamento online, não somente as questões relacionadas a pedofilia, roubo e casos de crime em geral, assim como as questões pessoais, como a decepção de descobrir que a pessoa com a qual se relaciona não é exatamente aquilo que ela esperava.
c) Fontes que serão consultadas: Pessoas que se conheceram através da internet, psicólogos, e pessoas que são, ou não, adeptas a redes sociais
d) Fotografias: Dos entrevistados, ilustrações e infográficos


Comentários
Suponho que vocês tenham escolhido o eixo Utilidade.
É necessário cuidado para lidar com esta pauta. Há pessoas que utilizam a rede para conhecer outras pessoas e marcar encontros afetivos/amorosos. Neste sentido, a rede é utilizada como meio - que favorece os mais tímidos ou com pouca disponibilidade, mas é apenas meio. Entretanto, há uma parcela significativa de pessoas que mantém relações afetivas virtualmente sem perspectiva de encontro real - seja por patologia social, seja por impedimento (pessoas casadas, comprometidas etc). É necessário distinguir um grupo do outro e, principalmente, evitar alimentar o preconceito.
Outra questão a ser abordada são os riscos envolvidos nos relacionamentos que começam pela internet. Hà relatos de estelionatários e outros criminosos que se utilizam deste meio atrair suas vítimas. Sugiro que estas questões (criminalidade) sejam abordadas em matéria separada, para evitar generalizações.
 
Mãos à obra.

Pauta da Natália Campagnoli

Eixo temático: Utilidade

O mau comportamento ou uso indevido das redes sociais pode interferir na vida profissional das pessoas?

Cada vez mais as empresas estão presentes nas redes sociais com o intuito de mapear o comportamento de seus funcionários.
Fazer parte de determinada comunidade pode ter consequências desagradáveis?
Essas são algumas questões para as quais buscarei respostas.

Comentários:
A pauta é relevante e a escolha do eixo é pertinente, embora outros eixos também sejam tocados: o mau uso pode estar relacionado ao Contexto e o "mapeamento" por parte das empresas pode estar relacionado a Tendências.
Algumas questões não esclarecidas na pauta:
a) Como você pretende identificar o "mau comportamento" e o "uso indevido" das redes sociais?
b) Quem seriam as possíveis fontes especialisas?
c) Como as fontes primárias serão abordadas? Quais questões serão colocadas para estas fontes? A questão é crucial se considerarmos que quem se comporta mau na rede ou a utiliza indevidamente, obviamente prefere o anonimato.
d) O mapeamento dos perfis em redes sociais feito por empresas raramente é admitido. Acredito que você encontrará dificuldade neste aspecto.
Entretanto, a pauta pode render reportagem interessante. Mãos à obra!

Revista Redes Sociais

A atividade solicitada consiste na produção de matérias relacionadas às redes sociais virtuais.
Foram estabelecidos quatro eixos norteadores das pautas, a saber:
a) Tipos de redes sociais: reportagens descritivas que destaquem alguma rede social específica, apresentando suas principais características, diferenciais, perfil de usuários etc. É desejável que seja identificado o uso corporavito da rede.
b) Contexto: reportagens analíticas que discutam o fenômeno das redes sociais no contexto do momento histórico.
c) Utilidade: reportagens descritivo-analíticas que abordem a utilidade das redes sociais, com ênfase no uso corporativo das mesmas.
d) Tendências: reportagens descritivo-analíticas que investiguem os rumos das redes sociais dos pontos de vista tecnológico e de comportamento.
Cada reportagem deverá ter aproximadamente 4 mil caracteres. Por se tratar de reportagem, obviamente deverá haver entrevista a especialistas e usuários, com citações no texto. Excepcionalmente podem ser produzidas resenhas de obras e/ou eventos relacionados ao tema. É desejável que sejam fornecidas imagens para ilustrar as reportagens.
Prazo para entregar a pauta: 20/08/2010
Prazo para entregar a reportagem: 8/09/2010
Pautas e reportagens serão comentadas via blog. Os arquivos deverão ser enviados através do meu e-mail pessoal.

Elizeu